O tiro no pé de Lula

O tiro no pé de Lula

- in Notícia
179
0

05.01.18   07.32 h


Num dos e-mails entregues à PF por Marcelo Odebrecht, um dos executivos da empreiteira, Marcos Wilson, avalia que “Lula, o Filho do Brasil” era “um tipo de louvação maléfico” e que poderia se tornar “um tiro no pé” do petista.

O executivo estava certo.

O financiamento do filme, que era “um desejo” de Lula, o Cliente, foi coordenado por Gilberto Carvalho, o Seminarista, e pode render um tempo de cadeia para ambos.

Lula, o Cliente da Odebrecht


Marcelo Odebrecht entregou à PF uma série de documentos sobre “Lula, o Filho do Brasil”.

Num e-mail, reproduzido pelo Estadão, um executivo da empreiteira relata “uma demanda de um milhão de reais para apoiar o filme de interesse do nosso cliente e cujo projeto está sendo coordenado pelo amigo do Alexandrino”.

“Nosso Cliente” era o codinome de Lula.

“Amigo do Alexandrino” era o codinome de Gilberto Carvalho, assessor de Lula.

O financiamento do “filme de interesse” de Lula, portanto, foi coordenado por seu assessor, que fez “uma demanda de um milhão de reais” à Odebrecht.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Catadores de material reciclável recebem equipamentos e capacitação em Colombo

17.07.18  12.15 h Projeto Ecocidadão teve como principal