Vai vendo, Lula

Vai vendo, Lula

- in Notícia
121
0


O TRF-4 decidiu manter a prisão preventiva de Roberto Gonçalves, ex-gerente da Petrobras condenado em setembro a 15 anos e 2 meses por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A 8ª Turma analisou o mérito do habeas corpus negado liminarmente pelo relator João Pedro Gebran Neto.

Segundo ele, a preventiva é necessária “para preservar a ordem pública, em um quadro de corrupção sistêmica e de reiteração delitiva”.

“A medida, além de prevenir o envolvimento do investigado em outros esquemas criminosos, também terá o salutar efeito de impedir ou dificultar novas condutas de ocultação e dissimulação do produto do crime, já que este ainda não foi recuperado.”

Gonçalves foi o sucessor de Pedro Barusco no esquema do petrolão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Bandidos invadem Caixa Econômica Federal, no centro de Colombo e fogem com reféns

16.02.18  18.05 h Hoje por volta das 16.00