Caso Aécio: ministro Fachin ‘não deve se sensibilizar’

Caso Aécio: ministro Fachin ‘não deve se sensibilizar’

- in Notícia
206
0


O Estadão diz que Edson Fachin “não deve se sensibilizar com as manifestações da Câmara, do Senado e do Planalto que pedem à Suprema Corte que limite seu próprio poder de determinar medidas como o afastamento de mandato ou recolhimento noturno”.

De acordo com o jornal, o relator do caso de Aécio Neves — que será julgado pelo plenário do STF nesta quarta-feira — deverá ater-se em seu voto ao pedido inicial da ação apresentada pelos partidos PP, PSC e Solidariedade, ou seja, se Senado e Câmara têm a prerrogativa de confirmar as medidas cautelares diferentes da prisão em flagrante por crime inafiançável aplicadas a parlamentares pelo STF.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

A autodestruição do PSDB

26.09.18  09.25 h O Estadão, em editorial, disse