Parque Linear do Palmital: fase da obra para despoluição do rio é iniciada

Parque Linear do Palmital: fase da obra para despoluição do rio é iniciada

- in Notícia
69
0

20.08.19       12.35 h

Aproximadamente dois terços do rio já receberam serviços de limpeza, que incluem alinhamento das curvas do rio e a retirada de entulhos e lixo

A Prefeita Beti Pavin vistoriou as obras na última sexta-feira, 16, e destacou a importância do parque para a região.

Após dois meses do início das obras de construção do Parque Linear do Palmital, novas etapas de recuperação ambiental das margens do rio estão sendo realizadas. Atualmente, cerca de dois terços do rio já receberam serviços de limpeza, que incluem alinhamento das curvas do rio e a retirada de entulhos e sujeiras.

A Prefeita Beti Pavin vistoriou as obras na última sexta-feira, 16, e destacou a importância do parque para a região. “Esta obra é um sonho antigo meu e de todos os colombenses. Será um local de lazer para todas as idades, para que todos possam usufruir desse ambiente que terá uma estrutura adequada e de qualidade. Em um curto espaço e tempo teremos o maior parque em extensão do município e um dos maiores da Região Metropolitana, na localidade do Guaraituba e Maracanã”, disse.

A previsão é de que até o final do mês de setembro toda limpeza seja finalizada. Logo após entrará uma nova fase, a drenagem e plantio de gramas nas margens do rio. Em seguida, a obra dará início ao projeto de construção civil. Os serviços incluem a implantação de ciclovia, vias de pedestres para caminhada, lagoa, estacionamento, praças com mobiliários urbanos, pista de skate, quadra de vôlei e futebol, playground e passarela de ligação aos pontos do Parque.

Vale lembrar, que a construção do Parque Linear do Palmital recebe um investido de R$ 4.999.931,48 em uma área de 3,5 quilômetros de extensão- entre a estrada da ribeira até a BR-116.

“Nossa prioridade é primeiramente realizar a limpeza do rio, melhorando a qualidade da água. Pois, se trata de uma Área de Preservação Permanente (APP), ou seja, uma área protegida por lei, – que será revitalizada, o que contribuirá também para solucionar os pontos de enchentes, além de proteger o leito do Rio Palmital, que nasce no município de Colombo e deságua no Rio Iraí” explica o secretário de obras e viação Agnaldo Santos.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
INSTAGRAM: @colombopmc
Foto: Ilson L. de Jesus/ PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

CPI da Lava Toga, o que os ministros do STF tanto temem?

22.09.19     12.25 h Ministros e juízes estão fazendo