Em Colombo Jardim Osasco recebe obras do Programa de Contenção de Enchentes

Em Colombo Jardim Osasco recebe obras do Programa de Contenção de Enchentes

- in Notícia
124
0

16.04.19      20.35 h

Próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba

Na região, próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba.

“Moro no bairro a mais de 40 anos, e agora com as obras no rio ficamos mais aliviados. Sempre que chovia a água invadia as casas e ruas e era um desespero. Agora podemos ficar tranquilos pois, as casas não serão atingidas”, relatou o morador do bairro Jardim Osasco, Antônio Germano da Silva.

As obras de prevenção de enchentes, como recuperação e ampliação de galerias pluviais, limpezas e desassoreamento de rios fazem parte do Programa de Contenção de Enchentes, desenvolvido pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Obras e Viação, desde 2013.

Segundo a Prefeita Beti Pavin, o progresso urbano chegou rápido, sendo necessárias medidas integradas para solucionar as causas das enchentes. “Trata-se de um trabalho complexo, pois envolvem casas e moradores. As equipes da prefeitura estão empenhadas para prevenir as cheias. Não queremos apenas resolver paliativamente ou em curto prazo, o problema”, ressalta.

Na região, próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba. Para isso, o município investirá cerca de R$ 200 mil com limpeza, drenagem, além de caminhões, maquinários e mão de obra.

De acordo com o diretor de Obras de Combate às Enchentes, João Nowacki, este é o principal ponto, na região, que causa transtornos à população em época de fortes chuvas. “O canal é aberto e estava completamente assoreado, com muita vegetação, gerando assim problemas. Foram então colocadas escavadeiras para a limpeza do local. Nosso objetivo, é garantir tranquilidade aos moradores mais afetados pelas cheias do rio”, explica.

Os trabalhos que iniciaram há um mês, foram divididos em duas etapas. A primeira, foi a limpeza geral com desassoreamento. Enquanto a segunda fase, consiste em aumentar o diâmetro das travessias, para que a água passe com maior facilidade diminuindo o represamento.

As obras estão acontecendo – com a previsão de término – em 40 dias. As escavadeiras seguem em Jusante, ou seja, em direção ao fluxo normal das águas fluviais, de um ponto mais alto para um ponto mais baixo, até chegar no afluente que fica próximo ao Jardim Marambaia.

Existem também alguns lugares de difícil acesso, em função de edificações, e dos muros que dificultam os trabalhos das máquinas. Para esses locais, será pensado em breve, um novo projeto para mover-se com facilidade.

Além dos métodos desenvolvidos para conter as enchentes, a população também é uma importante aliada. “Pedimos a todos que protejam os rios, não joguem lixos e galhos de árvores, pois essa atitude evita o entupimento de canais e tubulações. Nossa intenção será conscientizar os moradores sobre a importância da educação ambiental”, orienta João Nowacki.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
INSTAGRAM: @colombopmc

Foto: Marcio Fausto/ PMC

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Bolsonaro reitera que pode indicar Eduardo para embaixada

15.07.19      12.10 h   O presidente Jair Bolsonaro