Tratamento de resíduos sólidos é tema da 6° Reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente em Colombo

Tratamento de resíduos sólidos é tema da 6° Reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente em Colombo

- in Notícia
79
0

15.09.18  17.55 h

Objetivo foi de apresentar um novo sistema para a instalação de uma unidade de triagem mecanizada e tratamento para recuperação de materiais no município

Apresentar o novo sistema integrado e descentralizado de tratamento de resíduos sólidos – esse foi o principal assunto da 6° Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Meio Ambiente.

Apresentar o novo sistema integrado e descentralizado de tratamento de resíduos sólidos – esse foi o principal assunto da 6° Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Meio Ambiente – que aconteceu na última quarta-feira, 12, em Colombo. Participaram do encontro a Prefeitura de Colombo por meio da Secretaria de Meio Ambiente e os representantes do Consórcio Intermunicipal para Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (CONRESOL).

Na ocasião, os presentes puderam tirar suas dúvidas sobre o sistema, – que atenderá 23 municípios. O aparelho prevê a instalação de uma unidade de triagem mecanizada e de tratamento para a recuperação de materiais, além de possibilitara geração de energia em Colombo.

Uma das metas é atender ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos e reduzir o uso de aterros sanitários. De acordo com o Secretário da pasta, Evandro Busato, atualmente os resíduos são levados ao aterro sanitário localizado em Fazenda Rio Grande. Com a aplicação do novo sistema, a meta é reduzir em 10 anos, cerca de 90% o uso do aterro.

“Foi apresentado para nós um método que é capaz de aprimorar as atividades voltadas ao manejo adequado de resíduos, garantindo um destino ambiental correto e seguro para todos”, destacou.

Sobre o sistema

A secretária executiva do CONRESOL, Rosamaria Milléo Costa, apresentou dados estatísticos e o resultado de estudos sobre o novo sistema de tratamento de resíduos, tanto pela viabilidade ambiental, quanto econômica.

Entre as mudanças do novo sistema, está a proposta de criação de estações de transbordo próximos aos maiores centros geradores de resíduos, diminuindo as distâncias percorridas pelos caminhões de coleta.

Além da triagem mecanizada, com o objetivo de aproveitamento para os materiais com potencial de retornar à cadeia da reciclagem. “A intenção é que os materiais também passem por processos de compostagem e biodigestão, para que apenas o rejeito vá para o aterro”, explicou Rosamaria.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK:facebook.com/pmdecolombo
INSTAGRAM: @colombopmc
Foto: Marcio Fausto/ PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Ex-ministro de Temer vai de Bolsonaro em eventual segundo turno

19.09.18  17.10 h Osmar Serraglio, deputado atualmente no