PF vê indício de que marqueteiro de Aécio recebeu sem prestar serviço

PF vê indício de que marqueteiro de Aécio recebeu sem prestar serviço

- in Notícia
182
0

11.08.18  18.15 h


O executivo Sérgio Neves disse, em depoimento à PF que, a pedido de Aécio Neves, a Odebrecht repassou dinheiro por meio de caixa 2 para a campanha de Antonio Anastasia ao governo de Minas.

O pagamento de R$ 1,8 milhão teria sido combinado diretamente com o executivo Benedicto Junior, da Odebrecht, e deveria ser feito por meio de um contrato com o marqueteiro de Aécio, Paulo Vasconcelos do Rosário, registra o G1.

“Em um depoimento prestado no mês passado, o empresário José Enrique Castro Barreiro confirma que fez um plano real de comunicação para a Odebrecht em 2009. Mas só recebeu por esse plano R$ 248 mil, um sétimo do valor de Paulo Vasconcelos”.

Para a PF, esse é um indício de que o marqueteiro de Aécio recebeu sem prestar o serviço.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Cármen Lúcia destaca origem popular da lei que torna Lula inelegível

13.08.18  15.45 h Cármen Lúcia destacou hoje a