MPF denuncia Yunes e Lima no “quadrilhão do PMDB” ou MDB

MPF denuncia Yunes e Lima no “quadrilhão do PMDB” ou MDB

- in Notícia
142
0
Partido já alterou nome em suas redes sociais

31.03.18  12.20 h


O MPF apresentou uma nova denúncia na Justiça contra dois aliados de Michel Temer presos na Operação Skala: o advogado José Yunes e o coronel João Baptista Lima, informa O Globo.

“Ambos foram acusados de integrarem organização criminosa ligada ao PMDB, por exercerem o papel de intermediários em repasses de propina. Como não possuem foro privilegiado, Lima e Yunes foram denunciados à 12ª Vara Federal de Brasília no último dia 21, dentro do caso conhecido como ‘quadrilhão do PMDB’. Seus nomes foram incluídos em um aditamento enviado à Justiça pela força-tarefa da Operação Greenfield, da Procuradoria da República no Distrito Federal (PR-DF). O caso está sob sigilo.

(…) As provas obtidas pelos investigadores na primeira instância serão remetidas para auxiliar os trabalhos da PGR no inquérito que tem como alvo principal Michel Temer.

A denúncia aponta que existem elementos concretos de que Yunes e o coronel Lima atuaram em prol de uma organização criminosa do PMDB. Uma delas seria a admissão feita pelo advogado de que recebeu um pacote de dinheiro da Odebrecht a pedido do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.”

Caso a denúncia seja aceita, Yunes e o coronel Lima se tornarão réus, o que aumenta a pressão na direção de acordos de delação premiada.

“Também estão denunciados no caso o operador financeiro do PMDB, Lúcio Funaro, e os ex-deputados Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima e Rodrigo Rocha Loures, todos ligados a Temer.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

“Ignorância, preconceito e xenofobia”, diz Gleisi

18.04.18  17.35 h Gleisi Hoffmann ocupou a tribuna