Gleisi admite, pela primeira vez, que Lula pode ser preso

Gleisi admite, pela primeira vez, que Lula pode ser preso

- in Notícia
700
0

13.03.18  15.35 h

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, divulgou neste domingo um vídeo pelo Facebook em que falou pela primeira vez sobre a provável prisão do ex-presidente Lula, condenado pelo Tribunal Federal Regional (TRF-4) a 12 anos e um mês no processo sobre o tríplex do Guarujá. A senadora diz que a prisão do petista será o maior atentado à democracia no Brasil, conclama militantes a fazerem campanha contra e afirma que o PT “vai com Lula até as últimas consequências”. As informações são d’o Globo.

– Vivemos tempos sombrios no Brasil. Não temos normalidade democrática, política e institucional. É nesse processo que a perseguição de Lula acontece – explica a senadora.

O PT defende que o Supremo Tribunal Federal coloque em pauta novamente a discussão sobre o cumprimento da pena após julgamento em segunda instância.

– Querem prender o Lula por uma condenação de um tribunal de 2ª instância. A Constituição brasileira é clara. Ninguém pode se preso senão por trânsito em julgado de sentença condenatória. E trânsito em julgado é quando o último tribunal dá o seu veredicto sobre o processo. E o último tribunal é o Supremo Tribunal Federal – argumenta a senadora.

E conclama os petistas e militantes de movimentos sociais a fazerem campanha de “esclarecimento ao povo”.

– A prisão de Lula é um dos maiores retrocessos à sociedade brasileira, à nossa democracia e às conquistas de direito.

E concluiu:

– A prisão de Lula vai ser muito perversa ao povo brasileiro. Nós temos que deixar bem claro: a gente não vai assistir mansamente à prisão do nosso líder, alías, o líder do povo. Nós vamos com Lula até o final. Nós vamos com Lula até as últimas consequências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pode ser de seu interesse

Médicos cubanos lutam na Justiça por trabalho no Brasil

16.11.18  09.10 h Ele diz que, com a